Português Inglês Espanhol

CFP solicita que YouTube retire conteúdos restritos da plataforma

06/03/2018

O CFP enviou ofício aos representantes do Google Brasil, no dia 1º de março, solicitando retirada de material do YouTube com conteúdos restritos a profissionais da Psicologia. O ofício foi motivado após o CFP tomar conhecimento de que no YouTube há a divulgação de conteúdo que ensina como responder testes psicológicos para “exames psicotécnicos, processos seletivos e concursos públicos”. Leia mais: http://bit.ly/2tkaLVR

Mural

Instrumentos de avaliação da sobrecarga em cuidadores informais: uma revisão integrativa

CFP seleciona pareceristas ad hoc para o Satepsi

Inscrições vão até 11 de novembro pelo site do Conselho Federal de Psicologia