Português Inglês Espanhol

Construção e Análise das Propriedades Psicométricas da Escala de Envolvimento Parental na Decisão Vocacional (EEPDV)

11/02/2019

O envolvimento parental pode ser muito benéfico para uma escolha profissional coerente e saudável. Quanto mais os pais acreditam em seus filhos, estimulam suas habilidades e ajudam-os a explorá-las, maior é a chance de o adolescente enxergar a transição para a universidade como algo positivo, pesando mais sua escolha e tendo maior confiança ao decidir por uma carreira. No caso contrário, quando os pais ajudam a criar um afeto negativo em relação à escolha profissional, a escolha pode vir a se tornar mais difícil e mais confusa.

A  Escala de Envolvimento Parental na Decisão Vocacional (EEPDV) surgiu então com o propósito de medir o quanto essa variável influência na decisão vocacional. Ela é uma escala brasileira, recente e que visa aprofundar o que se conhece a respeito do papel dos cuidadores na carreira até então.

 

Highlights:

  • Tem estrutura fatorial adequada e boas propriedades psicométricas.
  • Mensura 2 fatores: apoio à tomada de decisão vocacional e apoio à exploração vocacional.
  • Se mostrou um possível instrumento para uso clínico na orientação de adolescentes.
  • Pode ser variável relevante para entender o desenvolvimento da carreira.

 

Referências:

Alves Cássia Ferrazza, Masiero Luciana Rubensan Ourique, Dias Ana Cristina Garcia, Teixeira Marco Antônio Pereira. Construção e análise das propriedades psicométricas da escala de envolvimento parental na decisão vocacional (EEPDV). Aval. psicol.  [Internet]. 2018  [citado  2019  Fev  11] ;  17( 3 ): 292-300. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712018000300003&lng=pt.  http://dx.doi.org/10.15689/ap.2018.1703.14228.02.

Mural

CFP é contrário à mudança do prazo de validade do registro de arma de fogo de 5 para 10 anos

A função da avaliação psicológica é proteger a sociedade de eventuais riscos pelo uso indevido de um recurso potencialmente letal como a arma de fogo

CFP publica nova resolução sobre a elaboração de documentos escritos e produzidos pelo psicólogo

Resolução institui regras para a elaboração de documentos escritos e produzidos pela (o) psicóloga (o) no exercício profissional e revoga a Resolução CFP nº 07/2003 e Resolução CFP nº 15/1996