Português Inglês Espanhol

Estrutura fatorial da versão brasileira do california older person´s pleasant events schedule

23/10/2018

São crescentes os índices de depressão entre idosos, especialmente entre aqueles que se encontram mais fisicamente debilitados. Além disso, quanto mais deprimido um idoso se encontra, menos ele tende a se envolver em atividades prazerosas. Essa questão vem despertando bastante preocupação, o que levou à criação de diversas escalas internacionalmente.

Uma delas é a “California Older Person’s Pleasant Events Schedule”, uma escala americana. Esse é um instrumento principalmente utilizado na clínica, sendo útil para ajudar a avaliar identificar formas de ampliar esse envolvimento em atividades prazerosas. Ela apresenta 66 itens que são avaliados usando duas subescalas de pontuação: subescala de Frequência (frequência de prática de cada atividade) e subescala de Agradabilidade (registra o prazer experimentado na prática da atividade, ou o prazer que o idoso teria experimentado caso tivesse realizado a atividade). Existem nessa escala, ainda, cinco domínios em que o idoso pode se envolver em atividades: socializar (atividades que objetivam interações sociais), relaxar (atividades de foco externo), contemplar (atividades de foco interno), ser efetivo (senso de competência individual) e ser ativo (hobbies e projetos).

Levando tudo isso em conta, juntamente ao fato de que não existiam instrumentos psicométricos que avaliassem o envolvimento de idosos em atividades prazerosas no Brasil, ela foi adaptada nacionalmente sob o nome OPPES-BR (Older Person Pleasant Events Schedule - versão brasileira). No entanto, sua estrutura fatorial original não apresentou índices de ajustamento adequados à amostra brasileira, sendo que um novo estudo foi necessário para a realização de uma análise fatorial exploratória.


Highlights

  • A estrutura fatorial foi derivada a partir apenas da subescala Frequência;
  • Quatro fatores: atividades sociais e de competência, contemplativas, práticas e intelectuais;
  • Eliminação de 23 itens com valores de curtose e assimetria elevados;
  • Amostra não representativa e necessidade de análise fatorial confirmatória

Ferreira, Heloísa Gonçalves, & Barham, Elizabeth Joan. (2017). Estrutura fatorial da versão
brasileira do california older person's pleasant events schedule. Avaliação Psicológica, 16(4),
405-414. https://dx.doi.org/10.15689/ap.2017.1604.12627

Mural

Instrumentos de avaliação da sobrecarga em cuidadores informais: uma revisão integrativa

CFP seleciona pareceristas ad hoc para o Satepsi

Inscrições vão até 11 de novembro pelo site do Conselho Federal de Psicologia